caiado

Bolsa de apostas. Listão dos nomes cotados para o secretariado de Ronaldo Caiado

Benjamin Beze é cotado para a Indústria e Comércio e Hugo Goldfeld e Bartolomeu Braz disputam a Secretaria da Agricultura

O governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado, do DEM, não está definindo secretários agora. Ao menos é o que diz aos aliados — alguns deles aflitos porque seus nomes não são mencionados nos jornais. O senador pede calma e afirma que, neste momento, a preocupação é com a busca de informações precisas sobre a situação do governo que receberá daqui a dois meses. Em seguida, as informações serão analisadas, de maneira criteriosa, pela oscip Comunitas e por sua equipe técnica. Em dezembro, antes do dia 20, possivelmente, os nomes começarão a ser divulgados. O Jornal Opção ouviu vários aliados de proa do líder do DEM e divulga uma lista de possíveis auxiliares. A palavra a reter é “possíveis”. Quer dizer, ninguém está definido. Portanto, o leitor tem de perceber a lista como especulativa. Primeiro detalhe: quem estiver participando da transição deve ocupar cargo de proa no secretariado. Segundo detalhe: Ronaldo Caiado é o porta-voz de Ronaldo Caiado. Só quatro nomes realmente têm peso crucial junto a Caiado: a advogada Anna Vitória, sua filha, prefeito Adib Elias, do MDB, senador Wilder Morais, do DEM, e Samuel Belchior, do MDB. Gracinha Caiado, sua mulher, é hors concours: é ouvida sempre.

Agência Brasil Central — São cotados: Paulo Beringhs, Vassil Oliveira, Cileide Alves, Érika Lettry e Eduardo Horácio.

Arquivo

Agetop — Wilder Morais ou Lincoln Tejota. Consta que Wilder não tem muito interesse na área, mas tem sido citado para o cargo. Por sinal, o senador é cotado para um ministério — se Jair Bolsonaro foi eleito presidente da República.

Agricultura — Hugo Goldfeld e Bartolomeu Braz. Hugo Goldfeld, ex-dono da Govesa e ex-presidente da SGPA, é muito ligado a Caiado. Bartolomeu Braz, presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho e vice-presidente da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg), é bancado por José Mário Schreiner, deputado federal eleito pelo DEM. A secretaria será recriada.

Anna Vitória Caiado | Foto:/ Reprodução

Casa Civil — Anna Vitória Gomes Caiado. Seu nome já foi citado também para a Controladoria.

Chefe de Gabinete — Marcos Cabral, prefeito de Santa Terezinha de Goiás. É seguidor antigo de Ronaldo Caiado. São amigos e aliados.

Arquivo

Cidadania — George Morais. O presidente do PDT é marido de Flávia Morais, deputada federal reeleita — a segunda mais votada. O cargo já estaria definido como “do PDT”. Só falta definir se o médico George Morais vai assumir o cargo.

Cidades e Meio Ambiente — Tchequinho Portilho tem sido citado por líderes do Fórum Empresarial. Afirma-se, entre empresários, que a secretaria trava a iniciativa dos negócios privados.

Comunicação — Lívio Luciano (cotado também para o Tesouro e Sefaz), Vassil Oliveira, Érika Lettry. Paulo Beringhjs, segundo um aliado de Ronaldo Caiado, teria o veto pessoal do senador eleito Jorge Kajuru. “É claro que o governador não vai contrariar o senador”, afirma um aliado do líder do DEM. Vassil Oliveira é cotado para a assessoria de Imprensa do governador, assim como Érika Lettry tem sido mencionada (ela já assessora o senador Caiado). Comenta-se que o senador eleito Jorge Kajuru vai indicar o secretário ou o presidente da Agência de Comunicação.

Arquivo

Cultura — Glacy Antunes estaria confirmada. Mas três nomes têm sido mencionados: Edival Lourenço, Marcos Caiado e Aguinaldo Coelho Caiado. Marcos Caiado já disse que não pensa em ocupar cargos. Mas já chegou a ser mencionado inclusive para a Comunicação.

Arquivo

Educação — A senadora Lúcia Vânia tem sido mencionada, assim como a professora Milca Severino, da PUC-Goiás, e um professor da UEG.

Fazenda — Lívio Luciano, Wilder Morais e Mauro Ricardo Machado Costa.

Governo — Samuel Belchior não queria, mas deve aceitar o cargo. Se Anna Vitória for para a Controladoria, pode ir para a Casa Civil. Adib Elias e Marcos Cabral eventualmente são mencionados. Ronaldo Caiado aprecia manter o prefeito de Catalão nas proximidades. São amigos históricos.

Indústria e Comércio — Benjamin Beze Jr. (pode ser a indicação de Jorge Kajuru). O Fórum Empresarial vai ser ouvido, mas sem poder de veto. Edwal “Tchequinho” Portilho e o presidente da Federação das Indústrias do Estados de Goiás, Ubiratan da Silva Lopes, têm sido mencionados, porque agradam o Fórum Empresarial. Chegou-se a falar em Alexandre Baldy, mas um caiadista esclarece que é mera especulação.

Presidente do IPSM, Silvio Fernandes | Foto: Reprodução

Junta Comercial de Goiás — Silvio Fernandes. Ele é médico. Mas, como está conseguindo organizar a previdência dos funcionários da Prefeitura de Goiânia — o que parecia impossível —, é cotado para agilizar a Juceg.

Planejamento — Wilder Morais. Se quiser, é pule de dez. Fábio Cammarota, da Fundação Dom Cabral, tem sido citado. Mas fala-se que pretende ser consultor do governo.

Alego

Saneago — Lincoln Tejota. É o nome que mais tem sido mencionado.

Saúde — Adib Elias tem uma prefeitura rica para tocar, a de Catalão, mas é cotado para um cargo no governo. Se quiser, assumirá uma secretaria forte — até a de Governo. São cotados: Silvio Fernandes, Dr. Antônio, Deusdedith Vaz (o médico é bancado por Lincoln Tejota, as mulheres são irmãs). Deusdedith Vaz trabalhou na Secretaria de Saúde e é visto como conhecedor experimentado da área.

Segurança Pública — Deputado federal reeleito Delegado Waldir Soares, deputado estadual eleito Eduardo Prado, delegado Eurípedes Barsanulfo (estaria adoentado), deputado federal reeleito João Campos (problema: apoiou Daniel Vilela para governador) e Major Araújo. Problema: a Polícia Militar não aceita civil como secretário e a Polícia Civil não aceita coronel como secretário. Por isso pode ser um expert de outra área. Ronaldo Caiado pode trazer alguém de Brasília ou de outro Estado. Talvez um general ou um policial federal.

Foto: Reprodução

Tesouro — Por ser auditor fiscal, Lívio Luciano é cotado para o Tesouro. Mas também para a Sefaz.

Turismo — Carlos “Cacai” Toledo (cunhado de Sebastião Tejota e amigo de Caiado) é de Anápolis. Seu nome também é citado para a Indústria e Comércio.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *