not_10861

Operação Proximis

Dez mandados de prisão, entre eles o de um policial, e 15 de busca e apreensão cumpridos. Este foi o resultado da Operação Proximis, desencadeada nesta quinta-feira (25/) pela Delegacia Estadual de Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), e que teve como propósito desarticular uma quadrilha responsável por mais de 50 furtos e roubos em Goiânia, Senador Canedo e Aparecida de Goiânia.

O grupo, segundo o delegado João Victor Costa, adjunto da DERFRVA, recebia ordens de um criminoso que teve a prisão preventiva decretada, mas ainda não foi capturado, e também de Jeferson Souza Fernandes, de 26 anos, e Tiago de Jesus Souza, de 20 anos, que cumprem pena por roubo no Presídio de Senador Canedo.

Em um período de seis meses, ainda de acordo com o delegado, a quadrilha roubou pelo menos 30 veículos e assaltou mais de 20 estabelecimentos comerciais. “Além de aterrorizarem Senador Canedo, Goiânia e alguns bairros de Aparecida de Goiânia com furtos e roubos, eles também faziam o dinheiro render comprando e vendendo drogas”, complementou João Victor.

Um agente concursado da segurança pública, que o delegado não divulgou se seria policial militar ou civil, era o responsável por repassar informações privilegiadas à quadrilha. Além de ter o mandado de prisão cumprido, o policial também foi autuado pem flagrante por tráfico, uma vez que os agentes da DERFRVA encontraram na casa dele porções de drogas e plásticos usados na embalagem dos entorpecentes.

Durante a Proximis, nome que faz alusão à proximidade entre os criminosos, todos criados juntos na Vila Galvão em Senador Canedo, conforme explicou o delegado, foram aprendidas porções de drogas, balanças de precisão, máscaras, facas, e quatro simulacros de armas de fogo.

Além do líder da quadrilha, outros dois integrantes da organização criminosa que também tiveram suas prisões temporárias decretadas ainda não foram localizados. Os presos responderão por furto, roubo, tráfico de drogas e associação criminosa.

 

 

Fonte: http://www.ugopoci.com.br/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta