não

#NãoEsqueçaMariana

Mais de dois anos depois da maior tragédia ambiental do Brasil, pouco foi feito. O processo ficou suspenso na Justiça por 4 meses. Só 1% das multas foi pago. As vítimas ainda não receberam suas novas casas. E os causadores da calamidade que devastou Bento Rodrigues, em Mariana, continuam rumo à impunidade. #NãoEsqueçaMariana

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *